Oracle: IaaS na nuvem 98% mais rápido

17/06/2011 11:41

A Oracle anuncia o Oracle Optimized Solution for Enterprise Cloud Infrastructure, solução integrada e pré-testada que acelera implementações de infraestrutura como serviço (IaaS, na sigla em inglês) na nuvem.

A novidade, segundo a fabricante, permite acelerar em até 98% o tempo de implementação de VMs (máquinas virtuais), com redução do TCO.

Tamanho da fonte: -A+A

A Oracle anuncia o Oracle Optimized Solution for Enterprise Cloud Infrastructure, solução integrada e pré-testada que acelera implementações de infraestrutura como serviço (IaaS, na sigla em inglês) na nuvem.

A novidade, segundo a fabricante, permite acelerar em até 98% o tempo de implementação de VMs (máquinas virtuais), com redução do TCO.

O Oracle Optimized Solution for Enterprise Cloud Infrastructure combina os módulos de servidores Sun Blade da Oracle, Oracle Solaris ou Oracle Linux, ZFS Storage Appliance da Oracle e o Oracle VM - única VM certificada e compatível com o Oracle Database.

O lançamento integra, ainda, o Oracle Fusion Middleware e a linha Oracle Applications.

Além disso, com o Oracle Enterprise Manager 11g, a solução pode ser gerenciada e receber suporte como um único sistema.

“Para complementar a solução, a Oracle Consulting pode oferecer serviços de avaliação, arquitetura e implementação, e o Oracle Advanced Customer Services, serviços de instalação, colocação imediata em produção, suporte a aplicativos de missão crítica e monitoramento preventivo”, detalha Ali Alasti, VP de Desenvolvimento de Hardware da Oracle.

Segundo o VP, o lançamento é reforçado também pelo programa Intel Cloud Builders, contando com recursos adicionais para implementação de recursos IaaS na nuvem.

“O que estamos fazendo é simplificar radicalmente as implementações na nuvem com uma solução pré-testada de um único fornecedor”, afirma Alasti. “Devido aos nossos hardware e software projetados para funcionar juntos, a nova solução reduz o tempo de implantação de semanas para horas”, finaliza.

Veja também

HP processa Oracle por quebra de contrato

A HP encaminhou na quarta-feira, 16, na Corte Suprema de Santa Clara, Califórnia, um processo contra a Oracle.

O processo se deve à decisão da empresa de interromper o desenvolvimento de software para processadores Intel Itanium, utilizados pela fabricante em servidores de alto desempenho.

Grupo Isdra adota Manager Grid Oracle

O Grupo Isdra, dono de quatro fábricas de chapas MDF e MDP, fibrocimento, PVC e polietileno, adotou o Oracle Enterprise Manager Grid Control em sua infraestrutura, com implementação da Advanced IT.

Com a implementação, explica o Administrador de Banco de Dados no Grupo Isdra, Fabio Averbuch, eles esperam ter um monitoramento facilitado dos dados da empresa.

Servers Sun se recuperam na mão da Oracle

A Oracle parece estar acertando a mão com os servidores Sun, ao reverter o declínio das vendas.

Dados da consultoria IDC indicam que o negócio de servers da Sun – negociada em 2009 pela Oracle por US$ 7,4 bilhões – teve alta de 13,5% no primeiro trimestre desse ano, frente ao 1T10, chegando aos US$ 773 milhões.

Há dois anos, por ocasião do anúncio da compra, o negócio experimentava baixas dentro da Sun.

Oracle Database 11g supera HP e IBM

Em teste feito em servidor Sun Sparc Enterprise M9000, oferta de mais alto rendimento desta linha da Oracle, o Oracle Database 11g acaba de bater recorde mundial de benchmark TPC-H de 3TB não agrupado, superando o desempenho de similares da HP e IBM, garante a fabricante.

“O resultado traz um novo recorde com quase mais do que o dobro de rendimento frente ao melhor resultado anterior, já de propriedade da Oracle”, afirma comunicado da companhia à imprensa.

Oracle lança Enterprise Gateway para SOA

A Oracle lança o Oracle Enterprise Gateway, componente do Oracle Fusion Middleware 11g que permite proteger, acelerar, integrar e transferir arquivos XML, serviços da web e outros tipos de dados com recurso de segurança em projetos e implementações baseados em SOA.

Focada na redução de custos de integração e riscos de implementação, a ferramenta possibilita racionalizar a conformidade normativa por meio de recursos de autenticação, autorização e auditoria.

Lucro da Oracle sobe 78% no trimestre

A Oracle teve alta de 78% no lucro líquido no último trimestre fiscal, encerrado em 28 de fevereiro.

No período, o lucro subiu para US$ 2,1 bilhões. Segundo a empresa, o resultado foi impulsionado por vendas fortes de software e hardware. Já a receita saltou 37% no trimestre, para US$ 8,8 bilhões.

As receitas das vendas com novas licenças subiram 29%, para US$ 2,2 bilhões e explicam como os clientes estão se sentindo em relação aos gastos com TI.

Santander Brasil: datacenter no Oracle Exadata

O Banco Santander escolheu o Oracle Exadata Database Machine para consolidar os servidores de seu datacenter, resolvendo um problema de convergência de dados após a aquisição do Banco Real.

Com a compra, aumentou não só o volume de dados da instituição, mas também as demandas de processamento e de espaço físico, segundo Manoel Arthur Vaz, superintendente executivo do Produban, divisão de serviços do Santander.

Serpro alerta Oracle contra monopólio

O presidente do Serpro, Marcos Mazoni, deu um recado explícito à Oracle nessa quinta-feira, 14, ao falar no 1º Fórum de Governo, promovido pela própria empresa.

Segundo o site Convergência Digital, o temor é de uma mudança de modelo no desenvolvimento de algumas ferramentas, especialmente  Java e MySQL, ambas desenvolvidas pela Sun – comprada pela Oracle em abril de 2009 por US$ 7,4 bilhões.

Oracle: novidades em cluster para cloud privada

A Oracle reforça a linha de servidores empresariais x86 blade e montados em rack para implementações virtualizadas e clouds privadas com o lançamento dos sistemas Sun Fire x86 em cluster.

Conforme testes realizados pela fabricante, os novos sistemas estabeleceram cinco novos recordes mundiais de desempenho para aplicativos Java.

Oracle otimiza cloud de armazenamento

A Oracle lança o Oracle Cloud File System, solução que amplia as características de cloud para armazenamento.

A meta é aumentar o pool de armazenamento das empresas usuárias por intermédio de uma cloud flexível e acessível na rede.

A ferramenta está disponível a um custo de US$ 5 mil por processador e gratuitamente para armazenar arquivos de diagnóstico, metadados e binários de software da Oracle.

Oracle: storage em fita mais rápido do mercado

A Oracle lança a unidade de fita StorageTek T10000C.

Segundo divulgado pela fabricante, a novidade oferece redução de TCO por ocupar de um terço até um quinto do espaço físico utilizado por outras soluções de armazenamento em camadas, arquivo ou backup.