Gutembergue Lima

Tamanho da fonte: -A+A

A Sonda Procwork acaba de inaugurar uma nova sede em Belo Horizonte. A estrutura é três vezes maior do que a mantida anteriormente e tem capacidade para 250 posições de trabalho.

A expansão, que exigiu investimento de R$ 80 mil, é focada no suporte aos novos contratos da Sonda no mercado mineiro, como o de prestação de suporte de TI para a Cidade Administrativa Tancredo Neves.

“Triplicamos a infraestrutura para poder acomodar nossos 500 colaboradores atuais e ainda termos condições de crescer neste mesmo espaço”, comenta Gutembergue Lima, diretor da regional mineira, que é a segunda maior da empresa no país.

Segundo o executivo, um grande motivador da expansão foi o aumento da demanda por outsourcing de TI, especialmente em relação a projetos SAP.

“Também temos sido requisitados para atender a outras necessidades, como suporte pós-implementação, manutenção, monitoramento e terceirização de hardware, entre outras”, explica Lima.
 
Atualmente, a Sonda possui 72 clientes em Minas Gerais, entre eles Arcelor Mittal, Usiminas, Fidens, Oi e Fiat do Brasil.

Pertencente ao grupo chileno Sonda, que mantém unidades na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Costa Rica, México, Peru e Uruguai, a Sonda Procwork conta, hoje, com seis mil colaboradores e 800 clientes ativos, distribuídos por 31 escritórios situados em todos os estados brasileiros.