A espanhola Panda Security comprou sua operação brasileira que, até o momento vinha atuando no modelo de distribuição exclusiva.

Com esta incorporação, cujo valor não foi revelado, a empresa passa a contar com um total de 13 subsidiárias em diferentes países, incluindo Áustria, Alemanha, Bélgica, China, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Japão, Suécia, Inglaterra e EUA.

As operações no Brasil tiveram início em dezembro de 2005. De acordo com nota da Panda no ano passado a então distribuidora no país “obteve um nível de crescimento que quase triplicou o porte de suas operações em termos globais, na comparação com 2008”.

Já são 100 mil clientes no país, atendidos por 200 canais certificados e um volume superior a 500 pontos de vendas, entre grandes redes de varejo e lojas especializadas.

“A estratégia de aquisição em mercados chave é uma das iniciativas que pusemos em marcha a partir de 2007, com a entrada no controle acionário de fundos dos investimento Investindustrial, GalaCapital, Atlantic Bridge e HarbourVest”, comenta Juan Santana, CEO da Panda Security.

Com a compra do escritório local, os sócios da distribuidora passam a integrar os quadros da Panda Security do Brasil S/A, respondendo pelo comando estratégico e executivo da operação. A direção da Área Corporativa e de TI fica a cargo de Eduardo D´Antona, enquanto Ricardo Bachert assume as diretorias de Consumo e de Administração financeira.

“O status de subsidiária nos garante os instrumentos para alavancar a estratégia de crescimento e fortalecer o apoio aos parceiros de canal”, explica D’Antona.

Entre as inovações já em curso, D´Antona menciona a expansão das ferramentas do portal de relacionamento com parceiros “Panda Business Partner”, o programa ativo de geração de leads e o Road Show Panda Security, com curso de certificação on site em 20 cidades no Brasil. O time de vendas e técnico deve ser reforçado com 10 contratações, atingindo 50 pessoas até o final do ano.