Diebold: 30% menos custos com bakcup com CA

19/04/2011 15:34

A Diebold, especializada em sistemas de auto-atendimento integrados, adotou soluções da CA, em modelo on demand, para expandir a segurança e disponibilidade de seus dados.

Tamanho da fonte: -A+A

A Diebold, especializada em sistemas de auto-atendimento integrados, adotou soluções da CA, em modelo on demand, para expandir a segurança e disponibilidade de seus dados.

“Ao invés de pagar pelo número de licenças contratadas, pagamos pela capacidade que precisamos. A segurança da informação é um ponto crítico para nós, precisávamos garantir que o sistema de backup funcionasse normalmente e não tivéssemos problema de licenciamento no meio de algum processo”, afirma Nelson Pereira, gerente de TI da Diebold.

Segundo ele, o modelo de projeto adotado permitiu traçar uma projeção do volume de armazenamento que a companhia precisaria para o próximo ano e contratar um pacote para tal capacidade.

A redução de custos foi outro atrativo do modelo: com o projeto, a Diebold encolheu gastos com gerenciamento do ambiente em torno de 30%, destaca Alexandre Lopes, executivo de Contas Corporativas da Brasoftware, empresa responsável pela implantação.

Para atender a tudo isso, a oferta escolhida pela Diebold foi a CA MCP (CA ARCserve Managed Capacity), que possibilita aos usuários acesso ilimitado a ferramentas como o CA ARCserve Backup, CA ARCserve D2D e CA ARCserve Replication and High Availability.

“Hoje, a companhia não precisa mais controlar cada porção do software, sua data de renovação e os custos associados a cada servidor, desktop, laptop, aplicações, dispositivos de rede, armazenamento da biblioteca de fita e PDA”, afirma Lopes. “Em vez disso, as licenças são compradas anualmente, recebendo as chaves de licença para o seu ambiente de TI de uma vez”, completa.

Já Daniela Costa, diretora de Canais da CA, recomenda o CA ARCserve Managed Capacity a clientes que precisam de total garantia da continuidade de negócios, como aqueles que têm ambientes em constante mudança devido à consolidação de servidores, virtualização, implementação de novos sistemas, além de empresas em momentos de expansão.

O cliente
A Diebold tem sede nos EUA e emprega 17 mil funcionários em mais de 90 países.

No Brasil, a empresa é a principal fornecedora de produtos para automação bancária, com 60% de market share, segundo dados próprios.

A sede local fica em São Paulo e atende a 15 bancos-clientes.

A companhia também fornece equipamentos para automação eleitoral, sendo responsável pela fabricação das urnas eletrônicas para as eleições de 1998, 2000, 2004, 2006, 2008 e 2010.

Os segmentos de indústria, comércio, governo e utilities também estão inclusos na carteira da Diebold, que atua, ainda, serviços como outsourcing, segurança, infraestrutura e suporte técnico.

O time da subsidiária brasileira fica em 3,2 mil colaboradores.

A parceira
A Brasoftware atua na revenda de software de fabricantes como Microsoft, Symantec, McAfee, Citrix, Adobe, Corel, Autodesk, além da CA, entre outros.

Em 2002, a empresa criou uma divisão de serviços, a Brasoftware Consulting, com atuação nas áreas de desenvolvimento, implementação e infraestrutura.

Nos últimos cinco anos, registrou crescimento superior a 20%/ano.

A carteira de clientes traz nomes como Petrobras, Claro, Editora Abril, Embratel, Serasa Experian e Electrolux, entre outros.

Veja também

Diebold: novo comando em marketing e vendas
A Diebold Brasil promoveu na quarta-feira, dia 26, Carlo Benedetto para a Diretoria de Marketing e Vendas.
 
O executivo que exercia o cargo de diretor de contas e comandava equipe de atendimento dos bancos HSBC e Nossa Caixa, assume agora um time de 30 profissionais, parte deles dedicados à área de novos negócios.
 
Diebold: R$ 143 mi em novas urnas para TSE

A Diebold Brasil, especializada em automação bancária, recebeu pedido adicional do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para fabricação de novo lote de urnas eletrônicas, elevando o volume contratado em janeiro de 2010 de 250 mil para 312 mil.

O valor do contrato é de R$ 143 milhões.

TSE amplia compra de urnas eletrônicas Diebold

A Diebold anunciou nesta terça-feira, 21, que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aumentou o contrato de urnas eletrônicas de votação com sua unidade brasileira, a Procomp.
 
O aumento do contrato eleva o volume de urnas que o TSE poderá comprar de 250 mil para 312,5 mil.

Ainda segundo o comunicado da companhia, o tribunal também encomendou um volume adicional de 117,5 mil terminais de votação à Procomp.

Diebold: 2 mil caixas eletrônicos revitalizados

A Diebold Brasil, anunciou nessa terça-feira, 23, a oferta de revitalização de caixas eletrônicos bancários (ATMs). A solução inclui restauração e descarte ecologicamente correto.

Segundo a empresa, cerca de 2 mil terminais de autoatendimento foram revitalizados pela empresa, e outras 5 mil restaurações estão contratadas.

Diebold: 2,5 mil servidores para Banco do Brasil

A Diebold Brasil vai fornecer 2,5 mil servidores para o Banco do Brasil.

O contrato - que soma aproximadamente R$ 8.993 milhões - foi fechado através de pregão eletrônico na modalidade de registro de preço, no qual a Diebold concorreu com Dell, HP e IBM.

Diebold ganha R$ 238 milhões com urnas

A empresa norte-americana Diebold teve um ganho de R$ 238 milhões com o fornecimento de urnas para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o pleito desse domingo, 03. Metade dos equipamentos usados pelos eleitores foram da Diebold. Cada uma delas custa cerca de R$ 1 mil.

Segundo a empresa, foram fornecidas cerca de 250 mil urnas, produzidas em quatro meses, atingindo um pico de produção de duas mil máquinas por dia na fábrica de Santa Rita do Sapucaí, em Minas Gerais.

Dimep integra Diebold a relógios de ponto

A Dimep, especializada em sistemas de ponto eletrônico e controle de acesso de pessoas e veículos com 65% de market share no país, acaba de fechar negócio com a Diebold para integrar impressoras térmicas aos seus relógios de ponto.

O pedido inicial inclui 11 mil impressoras, mas até final de agosto deverão ser 30 mil unidades.

Diebold foca automação comercial

A Diebold Brasil, companhia que detém cerca de 60% do mercado de automação bancária do país, lança uma linha de soluções para automação comercial, com impressoras, servidores, terminais web e PCs para ponto de vendas.

De acordo com Juarez Sant’Anna, vice-presidente de marketing e vendas da Diebold, a companhia vem ampliando sua linha de produtos para o varejo e pretende utilizar sua estrutura de assistência técnica para prover serviços em nível nacional.

Ativas: 1º data center com CA Oblicore

A Ativas, data center da do Grupo Asamar e CemigTelecom, será o primeiro do Brasil a utilizar o  Oblicore Guarantee, solução de gerenciamento de SLAs da CA.

Para o CTO da Ativas, Antônio Phelipe, a aquisição dessa ferramenta reforça o posicionamento da empresa como Management Service Provider e a coloca em uma posição de destaque frente aos seus concorrentes.

Interadapt: 20 projetos CA em 2010

A paulista Interadapt já fechou seis negócios com soluções de segurança da CA no primeiro semestre de 2010 e espera agregar mais 20 até o final do ano.

A tecnologia da CA deve ganhar importância no faturamento da empresa, que no total entregou 40 projetos de governança de TI desde o início do ano.
    

Plenit e CA otimizam TI da Le Lis Blanc
A Le Lis Blanc, varejista do setor de vestuário e acessórios de moda feminina de alto padrão, encontrou na porto-alegrense Plenit a solução para seu problema de sincronização de banco de dados para sistemas ERP e Exchange.

A empresa, que também precisava aumentar o controle sobre a troca de e-mails e acesso à Internet, contratou o Plenit Delivery, nos pilares de armazenamento e continuidade, incluindo os produtos CA XOsoft Replication e  CA Gateway Security.
IDC: CA é destaque em PPM e SaaS
A IDC posicionou a CA no segmento de líderes de seu relatório “IDC MarketScape: IT Project and Portfolio Management, 2009 Vendor Analysis”, com a solução CA Clarity PPM. A IDC também reconheceu a liderança da CA no mercado SaaS, classificando a empresa como "Major Player" no segmento SaaS/On Demand.
Brasoftware e Sisnema: ganha-ganha no Sul

A Sisnema Informática, de Porto Alegre, fechou uma parceria com a Brasoftware.

O acordo reforça a divisão de licenciamento da companhia gaúcha, já que, segundo o presidente da Sisnema, Jones Maldaner, a Brasoftware é a maior revenda de software do Brasil.

Pela parceria, a empresa porto-alegrense vai oferecer soluções do portfólio da nova aliada, que inclui marcas como Microsoft, Adobe, Apple, Autodesk, Corel, SAP e Symantec, entre outros.

Brasoftware fatura R$ 250 mi e foca RS e SC

A Brasoftware fechou 2010 com faturamento de R$ 250 milhões, 16,3% acima do obtido em 2009 e 40% maior que 2008.

A empresa, especializada em revenda de software, também contabilizou 280 mil clientes na carteira, sendo 50% fora de São Paulo.

Entre os novos na carteira, destacam-se nomes como ANP - Agencia Nacional de Petróleo, Braskem, Marfrig e Tribunal da Justiça do Mato Grosso.

A equipe de colaboradores também cresceu no ano passado, chegando a 130 pessoas.

TV Bandeirantes: e-mail com Brasoftware

A Brasoftware foi contratada pela TV Bandeirantes para criar uma infraestrutura de correio eletrônico de alta disponibilidade.

Serão utilizadas quatro soluções: a plataforma de virtualização Hiper-V, o servidor de e-mail Exchange 2010, além dos gerenciadores de datacenter e de serviços System Center Virtual Machine Manager 2008 R2 e System Center Operations Manager 2007 R2.

Sul é motor de negócios da Brasoftware

O Sul do país foi um dos motores do crescimento da Brasofware no primeiro semestre deste ano, quando a companhia paulista se expandiu 13%, faturando R$ 122,5 milhões.

Conforme o diretor Comercial da empresa, Eduardo Sukarie, a região é hoje a segunda em representatividade nos negócios, perdendo apenas para o Sudeste.

Brasoftware: fornecedora Autodesk no Brasil

A revendedora de software Brasoftware foi nomeada fornecedora oficial de serviços de consultoria Autodesk no Brasil.

Brasoftware, entre as 3 mais da Microsoft
A Brasoftware acaba de ser eleita um dos três maiores “Large Account Reseller” (LAR) Microsoft do mundo, categoria destinada aos parceiros que comercializam e gerenciam contratos corporativos.
 
A posição foi conquistada durante o Microsoft Worldwide Partner 2010, premiação realizada anualmente que contou nessa edição com a participação de mais de três mil inscritos na disputa de 67 categorias.
 
Brasoftware quer dobrar ganhos com Symantec

A Brasoftware acaba de ampliar a divisão de negócios relacionada às tecnologias Symantec, com a meta de pré-vendas.de duplicar a representatividade da linha dentro do faturamento total em 12 meses.

Para tanto, foram contratados Abílio Pettenazzi, que já havia trabalhado anteriormente na empresa por dez anos, para a gerência Comercial da área, e chamar Roberto dos Santos para estruturar os processos.