A CLM, distribuidora de marcas como Blue Coat, Webtrends, Barracuda e Drobo, acaba de criar a eGov, área dedicada ao atendimento exclusivo de demandas do setor público.

A divisão é uma das apostas da companhia para  crescer em torno de 33% este ano.

A área de eGov da CLM conta com um time de analistas de suporte a pré e pós-vendas, gerência dedicada, instrutores específicos para certificações e um profissional Government Relations.

O objetivo, segundo o presidente da companhia, Francisco Camargo, é concentrar em uma única célula a coordenação das revendas e integradores da área, que farão a aproximação com o governo e, assim, prepará-los para oferecer atendimento especializado ao setor.

A empresa também quer ampliar a capilaridade por meio do aumento do número de parceiros regionais habilitados, explica Camargo.

“Os investimentos dos governos em TI, nos três níveis e nos três poderes, têm crescido muito e há também necessidade de modernização, ainda mais com os dois eventos mundiais programados para os próximos anos - Copa do Mundo e Olimpíadas”, afirma o presidente.

Segundo o executivo, a CLM sempre atuou de forma pontual neste mercado, com tecnologias para segurança da informação, infraestrutura de redes e webanalytics.

Agora, com o atendimento especializado, a companhia centraliza toda a assessoria necessária às revendas e integradores.

“Vamos ajudá-los a identificar oportunidades, a fazerem propostas de valor capazes de responder a RFPs - solicitações de propostas”, ressalta Camargo. “As revendas estarão aptas a participar de concorrências públicas e principalmente de fornecer o que foi solicitado nas melhores condições técnicas e financeiras, nas esferas federal, estadual e municipal", finaliza.