A Braskem (Unib-RS) informa que reduziu em até 20% o tempo de carregamento e liberação de seus caminhões com uma solução desenvolvida pela Kbase, empresa de TI de Esteio.

A ferramenta escolhida foi o Sócrates – Sistema de Operacionalização do Carregamento Rodoviário de Aromáticos no Terminal de Solventes. Com ele, a Braskem integrou seus sistemas de automação industrial e de informações comerciais ao ERP.

O projeto foi elaborado em duas fases. Na primeira, que teve duração de quatro meses, o sistema foi construído e preparado para integração com o ERP Datasul.

Já na segunda, que levou mais quatro meses, houve mudanças nos processos de negócios e o sistema foi remodelado e integrado ao ERP SAP.

Segundo o diretor da Kbase, Michael Tatsch, o software tem papel fundamental na integração de todos os processos de cargas e descargas dos produtos nos terminais rodoviário e ferroviário.

“A solução de arquitetura para o projeto teve como premissa essa integração com o menor impacto no sistema desenvolvido e independência de banco de dados”, explica Tatsch.

O projeto contou com a colaboração de sete profissionais, entre os quais um gerente de projeto, um arquiteto de software, projetista, programadores Java e programadores Java para o PDA.

“Este projeto desenvolvido para Braskem pode ser considerado inovador, uma vez que integrou diversos ambientes, tipos de banco de dados (SQL Server, Oracle e Progress) e tecnologias (web e mobile)”, comemora o executivo da KBase. “Além disso, integrou efetivamente a área comercial, industrial e logística da Braskem”, finaliza.

Na prática
O Sócrates operacionaliza todos os processos de cargas e descargas dos produtos (solventes, gasolina e álcool) nos terminais rodoviário e ferroviário da Braskem.

Integrado a outros sistemas, obtém do ERP, por exemplo, o que e quando tem de ser carregado, faz a gestão dos veículos, registrando também os motoristas e controla as inspeções dos caminhões tanto no desktop quanto no PDA.

A solução também otimiza as filas dos veículos, agilizando a operação, e libera o acesso dos mesmos a ilhas de carregamento, tudo automaticamente.

Este processo é integrado ao sistema de automação industrial do cliente, indicando o produto e a quantidade a ser carregada.

Além disso, a ferramenta recebe as informações das quantidades carregadas do sistema de automação industrial e integra essas informações ao ERP, para que este realize a emissão das notas fiscais e gere os comprovantes de peso e os certificados de inspeção veicular (CIV).

O software também integra-se com o sistema de laboratório, emitindo o laudo de qualidade dos produtos, e atualiza o sistema de informações comerciais, que por sua vez controla os níveis de estoques (balanço físico) da empresa.

A ferramenta também permite o acompanhamento, em tempo real, por parte do time comercial da Braskem, de todas as operações no terminal.