Tamanho da fonte: -A+A

A Oracle lança a nova versão da SOA Suíte 11g, que possibilita a integração de dados entre sistemas separados, permitindo às empresas unir os objetivos de negócio com a infraestrutura de TI.

A solução traz uma plataforma SOA integrada e hot-pluggable que permite ativar aplicativos de negócios de forma a simplificar o acesso, a integração e a organização de serviços, o processamento de eventos complexos (CEP, na sigla em inglês), monitoramento e gestão.

A ferramenta inclui, ainda, a padronização em uma arquitetura única de serviços de componentes (SCA). Com ela, é possível alcançar um rendimento quase em tempo real quando se executa a Oracle SOA Suite 11g com outros componentes da tecnologia do Oracle Fusion Middleware, garante a fabricante.

“Com a SCA, os desenvolvedores podem combinar diferentes componentes, sem necessidade de código personalizado. Como resultado, contam com desenho rápido, conjunto de aplicativos muito ágeis e adaptáveis e um novo nível de cooperação entre as empresas e as equipes de TI”, explica o comunicado da Oracle sobre a suíte.

A solução já está em uso, por exemplo, pelo governo do Chile. Integrando sistemas de vários ministérios, a gestão do país usou a plataforma para facilitar o intercâmbio de informações institucionais, melhorando o tempo de resposta ao público.

O projeto contou com parceria da Adexus e Everis, ambas parceiras da Oracle, para implementação da SOA Suite e da Oracle WebLogic Platform, o que possibilitou o intercâmbio online de informações entre cinco instituições do governo e 32 serviços de dados públicos.

Além disso, com o Oracle Database Enterprise Edition foram criados dois sites de base de dados que executam 150 mil transações mensais, com o tempo de transação inferior a dois segundos.

Com a plataforma, o governo chileno estabeleceu um serviço integrado de utilização interna para 35 medidas públicas, sendo que o tempo de realização de algumas delas reduziu de três dias para dez minutos.

Além disso, o Oracle Real Application Clusters equilibrou as cargas entre as bases de dados do país, com desempenho de aplicativos e alta disponibilidade do sistema em 99.5 %.

Outros usuários da suíte são o Poder Judicial do Estado de Querétaro, México, onde a automatização dos processos administrativos facilitou a execução de 26 mil processos/ano com uma eficiência operacional que acelerou os processos jurídicos em 80%.