Tamanho da fonte: -A+A

A Microcity acaba de abrir uma filial em Brasília para atender aos mercados do Centro-Oeste, Norte e Nordeste. A meta é que a unidade seja responsável por 25% do faturamento total já em 2011.

Para o ano, a projeção da companhia especializada em outsourcing de infraestrutura de TI, LAN e desktops é faturar R$ 82 milhões, crescimento de 30% sobre o resultado de 2010.

“Atualmente, o Distrito Federal responde por 15% de nosso negócio”, afirma Marcelo Rodrigues, diretor Comercial e de Parcerias da Microcity.

A nova filial substitui uma franquia antes mantida na capital federal. De acordo com Rodrigues, a nova unidade amplia a participação da empresa junto ao setor privado na região, já que na área pública, embora ainda tenha o que crescer, a companhia já tem vários órgãos como clientes.

“Em 2011, nossa expectativa é que o segmento público não ultrapasse 30% do faturamento da unidade”, ressalta o executivo.
 
Já Seleny Tavares Cordeiro Viana, gerente Comercial da filial brasiliense, afirma que a unidade terá foco em segmentos de empresas como educação e saúde.
 
A Microcity tem sede em Nova Lima, Minas Gerais, e é líder brasileira no segmento de terceirização de Lan & Desktops, com base própria instalada de mais de 180 mil equipamentos, segundo o Anuário Série de Estudos/Outsourcing 2010.

A companhia também possui unidade em São Paulo, onde as vendas cresceram 32% no terceiro trimestre de 2010, em relação ao mesmo período de 2009.

A carteira de clientes da empresa inclui nomes como Porto Seguro, Cotan (Contifício do Andirá) e Unimed Porto Alegre.