A catarinense V.Office lança um serviço de gerenciamento de TI.

Baseada em cloud computing, a oferta permite a terceirização parcial ou integral do suporte de TI das empresas clientes.

“O diferencial é a automatização de ações proativas preventivas predefinidas”, destaca Daniel Warmling, gerente de Serviços da V.Office. “Por meio dessa gerência, antecipamos a solução do problema através da leitura de indicadores críticos, agindo de forma sistemática e corretiva”, completa.

Segundo ele, as ações automatizadas trazem segurança e garantia contra falhas inerentes a ações manuais.

Além disso, a execução de tarefas automatizadas permite a coleta de dados para a identificação de padrões que podem ser utilizados em planejamento de alterações de ambiente.

“Isso reduz ou até mesmo elimina qualquer impacto nos negócios”, afirma Warmling.

Ele explica, ainda, que esse serviço proativo elimina o cenário de chamada e espera para o suporte, já que problemas potenciais são prevenidos.

Por meio de relatórios, a empresa cliente também é informada regularmente sobre o status geral da rede e os resultados dos serviços realizados.

“O ambiente de TI do cliente receberá uma pontuação mensal, que indicará se houve ou não evolução na implementação das melhores práticas, assim como se as ações corretivas foram executadas e se o ambiente evoluiu em questões como integridade, segurança etc”, destaca o gerente.

O serviço segue padrões de mercado como ITIL.

“Além disso, nossos técnicos são treinados e certificados para o atendimento”, finaliza Warmling.

A oferta de gerenciamento em nuvem é novidade na V.Office, que é tradicionalmente focada em treinamentos, serviços de TI e sistemas.

A companhia, que fechou 2010 com 65% de crescimento, decidiu focar sua estratégia de expansão para 2011 na criação de spin-offs.

Até agora, já são duas agregadas: a Gnovit, que desenvolve soluções para redes e telefonia com base no Asterisk, e a SIPPulse, que trabalha com a plataforma SIP para provedores de serviços de VoIP residencial.

Sediada em Florianópolis, a empresa emprega cerca de 60 colaboradores e atende a clientes como Back, Furb, Ministério Público de Santa Catarina, Celesc e Eletrosul.