Tamanho da fonte: -A+A

Pesquisas da Universidade do Alabama (UAB, nos Estados Unidos), aponta os aplicativos de smartphones como a nova causa de acidentes de trânsito.

Segundo a agência Reuters, mais de um terço dos estudantes que participaram do estudo afirmou usá-los ao volante. Até mesmo motoristas que já relataram acidentes anteriores envolvendo aplicativos de celulares, não conseguem resistir a usá-los enquanto dirigem.

“É assombroso, assustador. Muito pouco dessa atividade se deve a negócios urgentes. É socialização e entretenimento”, disse David Schwebel, diretor do laboratório da UAB, que supervisionou o estudo.

Dos quase 100 estudantes da UAB entrevistados no estudo, 10 relataram acidentes diretamente relacionados à direção distraída nos últimos cinco anos e três deles tiveram dois acidentes no período.

Todos que participaram da pesquisa são donos de smartphones e usam aplicativos ao menos quatro ou mais vezes por semana.

“O que salta aos olhos é o número de participantes que afirmou compreender que o uso da internet em aparelhos móveis na direção é perigoso, mas continua fazendo isso”, disse Lauren McCartney, que trabalhou no estudo.

Socializar pelo telefone pareceu mais importante para alguns estudantes universitários do que a segurança no trânsito.

Conforme o estudo, 10% dos estudantes admitiu usar frequentemente ou quase sempre aplicativos ao dirigir. Mais de um terço os utiliza de vez em quando.