Luis Cornetta

A Iron Mountain, que em março passado abriu uma unidade no Rio Grande do Sul, já superou as metas para o ano na região Sul, onde também mantém operação em Curitiba.

Quando iniciou as atividades na cidade gaúcha de Esteio, a companhia projetava elevar para 30 a 40% a participação da região Sul nos negócios em todo o país. A meta já foi ultrapassada, com o fechamento de 26 contratos a partir da operação local.

“Além disso, inicialmente pretendíamos empregar 35 funcionários em Esteio até o fim de 2010. Hoje, já temos 45 colaboradores na operação”, afirma Rogério Abruzzini, diretor de Marketing e Comercial da Iron Mountain Brasil.

E não é só na região Sul que a companhia expande seus negócios: a multi americana acaba de abrir uma nova unidade em Jandira-SP. O prédio, de 7.600 m2, faz parte do plano de expandir a operação da empresa em todo país e amplia em 24% a capacidade de armazenamento no estado de São Paulo.

“Apenas em São Paulo, atendemos atualmente mais de 400 clientes e o objetivo é crescer mais de 18% em 2010”, destaca o presidente da empresa no país,  Luis Cornetta.

Segundo o presidente, a empresa também investiu na ampliação do escopo de atuação, intensificando o atendimento a setores como os de saúde, Oil & Gás e indústria em geral.

Especializada em tecnologia para gerenciamento, guarda e proteção de informações, a Iron Mountain está presente em 39 países. Na América Latina, as operações estão na Argentina, Brasil, México, Chile e Peru.

No Brasil desde 2001, a empresa possui 15 bases operacionais que reúnem mais de 80 mil m² de área. Além dos locais já citados, a companhia mantém presença local em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.