Locaweb e Vivo em aliança de open cloud

29/10/2010 10:15

Um grupo de 70 empresas, encabeçado pela Intel, acaba de anunciar a criação da Open Data Center Alliance (ODCA).

No Brasil, a iniciativa conta com Vivo e Locaweb.

A organização vai reunir gerentes de TI para debater o setor de cloud computing - requisitos para data centers, fornecedores e tecnologias, entre outros assuntos.

Juntas, as empresas participantes da aliança representam mais de US$ 50 bilhões em investimentos anuais em TI.

Tamanho da fonte: -A+A

Um grupo de 70 empresas, encabeçado pela Intel, acaba de anunciar a criação da Open Data Center Alliance (ODCA).

No Brasil, a iniciativa conta com Vivo e Locaweb.

A organização vai reunir gerentes de TI para debater o setor de cloud computing - requisitos para data centers, fornecedores e tecnologias, entre outros assuntos.

Juntas, as empresas participantes da aliança representam mais de US$ 50 bilhões em investimentos anuais em TI.

A Intel vai atuar como consultora técnica da organização, que também conta com companhias como BMW, China Life, Deutsche Bank, J.P. Morgan Chase, Marriot, Shell, Terremark e UBS, entre os usuários de cloud, e Canonical, Cisco, Citrix, Dell e EMC, como fornecedores.

"Nossa expectativa é a de que a Open Data Center Alliance possa vir a ser o open source do cloud computing, gere padrões e recomendações que reduzam a quantidade de pesquisa básica para a implantação de soluções e aponte boas práticas comuns ao mercado", afirma Rafael Rosa, coordenador dos produtos de Cloud Computing da Locaweb.

Outro investimento recente da empresa brasileira na computação em nuvem foi o lançamento do Cloud Server Pro, plataforma baseada no XenServer em que os servidores virtuais são vendidos por quantidade de memória (de 512MB a 32GB) e trazem funcionalidades como firewall embutido com regras pré-configuradas e gerido pelo painel de controle.

A Locaweb é especializada em hosting e, segundo o IDC, lidera em seu setor no Brasil e na América Latina.

A empresa possui mais de 220 mil clientes e 600 mil domínios hospedados, além de parcerias com mais de 19 mil desenvolvedores.

Veja também

Locaweb: 2ª geração de cloud com Citrix

Citrix OpenCloud é a nova plataforma da Locaweb para o Cloud Server Pro, que inaugura a segunda geração dos serviços de Cloud Computing no Brasil.

O Cloud Server Pro usa o XenServer, componente do Citrix OpenCloud, e estarão disponíveis os sistemas operacionais Windows 2008 e 2003, e Ubuntu, Debian e CentOS.

Locaweb tem nova solução de loja virtual

A Locaweb lança a WebStore, solução de e-commerce destinada a negócios que  já possuem lojas virtuais ou querem começar a vender online.

O novo serviço é baseado em tecnologia open source, e traz recursos como visual customizável, inteface de gerenciamento intuitivo, com ferramenta como visualização de histórico de pedidos, acompanhamento de vendas, cadastramento e configuração de formas de entrega e meios de pagamento, entre outras.

Locaweb promete migrar e-mails em 30 dias

A Locaweb deve concluir nos próximos 30 dias a migração completa da sua base de 2,5 milhões de contas de e-mails para uma nova plataforma tecnológica. Até o momento já foi migrada 10% da base.

De acordo com reportagem do Jornal do Comércio desta quarta-feira, 13, a medida visa eliminar os problemas de entrega e recebimento de correio eletrônico que afetam parte dos clientes da empresa.

Cloud Computing tem guia de segurança

A Cloud Security Allliance (CSA) lança nesta quinta-feira, 21, durante o a 19º edição do CNASI, em São Paulo, o Guia Prático do Cloud Computing.

A versão em português do Guia será apresentada pelo capítulo brasileiro da CSA, uma associação sem fins lucrativos criada em 2008 nos Estados Unidos para promover o uso de boas práticas para segurança na nuvem.

Cloud Computing tem certificação

A Cloud Security Alliance, entidade internacional dedicada a promover práticas de segurança em computação em nuvem, lançou nesta semana o Certificate of Cloud Security Knowledge (CCSK).

A prova online deve estará disponível a partir de 01 de setembro. Um valor promocional de US$ 195 vigora até o final do ano. Em 2011, o certificado sairá por US$ 295.

Dell: compra de US$ 1,15 bi foca cloud

A Dell acaba de anunciar a compra da 3PAR, norte-americana especializada em armazenamento de dados. O negócio foi fechado em US$ 1,15 bilhão, em dinheiro.

Com a aquisição, a Dell expande sua oferta de computação na nuvem.

A 3PAR fechou o primeiro trimestre do ano fiscal de 2011, encerrado em 30 de junho de 2010, com receita de US$ 54,3 milhões, aumento de 22% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Quest: novas alianças, virtualização e cloud

A Quest Software, fornecedora de soluções de gerenciamento de sistemas, adquire direitos de licença do Stratusphere e do Liquidware Labs, oferecendo novas opções de virtualização e de desktops no ambiente da computação em nuvem.

“Esse acordo destaca a inovação que a Stratusphere e a Liquidware disponibilizam ao mercado ao contribuir para acelerar a adoção e facilitar a gestão dos projetos de VDI”, declara David Bieneman, CEO da Liquidware Labs.

T-Systems expande cloud. Brasil no foco

A T-Systems, empresa do grupo Deutsche Telekom, anuncia a expansão de sua capacidade para serviços de computação em nuvem.

A estratégia inclui o Brasil, onde o data center atualmente em fase final de construção, localizado em São Paulo, terá área inicial de 600 m², expansível até três vezes, e mais de dois mil servidores.

Intel prevê faturamento de US$ 11,8 bi

O terceiro trimestre da Intel superou as expectativas, divulgou a empresa nesta semana. O lucro líquido no período foi de US$ 2,95 bilhões, contra US$ 1,86 bilhão em 2009.

Com o resultado, o faturamento estimado para o 2010 é de US$ 11 bilhões, no mínimo, podendo chegar a US$ 11,8 bilhões. A projeções de analistas indicam US$ 11,32 bilhões, de acordo com a Thomson Reuters.