Tamanho da fonte: -A+A

A Sonda Software, unidade fiscal da Sonda Procwork, lança o BI Fiscal.

A solução é baseada na ferramenta de Business Inteligence da SAP e promete alavancar receitas das empresas a partir da análise de dados utilizados para as declarações fiscais.

“Se de um lado as obrigações com o Fisco fazem com que as companhias gerem conteúdos organizados, por outro esta tarefa oferece a oportunidade de análise para a diminuição dos efeitos da carga tributária”, comenta Eduardo Borba, diretor de P&D da Sonda Software.

Um exemplo dessa oportunidade, cita o executivo, está no processo de compra e venda de produtos, que resulta em débito e crédito de imposto.

“Quando uma empresa faz suas compras, gera créditos fiscais. E quando vende, é pago o imposto sobre a venda. Para abater o crédito de seus encargos, é preciso vender no mesmo estado em que se realizou a compra. Portanto, uma empresa com filiais pode programar a compensação de débito e crédito através de suas diferentes unidades, fazendo uso de seus benefícios fiscais para alavancar seus resultados”, explica Borba.

A solução será ofertada, inicialmente, aos atuais 350 clientes usuários da base fiscal da Sonda Software.

Pertencente ao grupo chileno Sonda, a Sonda Procwork atua em nove países - Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Costa Rica, México, Peru e Uruguai.

No Brasil há 20 anos, a companhia atua desde a implementação de ERP, focada na tecnologia da SAP, passando pelo fornecimento de aplicativos complementares próprios para a área fiscal até o fornecimento de infraestrutura e prestação de serviços de suporte e terceirização de processos.

No país, a equipe da empresa chega a seis mil colaboradores, que atendem a 800 clientes ativos, distribuídos por 31 escritórios situados em todos os estados.

Já em toda a América Latina, a Sonda possui 62 escritórios, mais de 12 mil colaboradores e 2,4 mil clientes. A empresa negocia as suas ações na Bolsa de Valores de Santiago, com capitalização de mais de US$ 1 bilhão.