Tamanho da fonte: -A+A

A CCDE, que oferece serviços voltados à gestão do ciclo de vida de documentos fiscais eletrônicos, projeta aumentar de 30 para 100 sua rede de canais até o fim de 2011.

A empresa, que conta atualmente com revendas cadastradas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia e Pernambuco, expande seu programa de parcerias para ampliar a participação das vendas indiretas no faturamento.
 
“Estamos em busca de parceiros em todos os estados, inclusive onde já existem canais cadastrados”, afirma Renato Lui, diretor da CCDE. “Queremos contar com pelo menos três ou quatro dealers em cada estado”, complementa.

Em São Paulo, por exemplo, a companhia atua com vendas diretas e já tem dois canais credenciados. Entretanto, o estado é um dos focos para expansão das parcerias.

Outra estratégia da CCDE para ampliar sua participação dentro das médias e grandes empresas é o fechamento de alianças com fornecedores de soluções ERP, que poderão oferecer suas soluções e serviços de forma conjunta.

“Já os pequenos negócios poderão adquirir nossos serviços por meio de nossa loja online, que será lançada em breve”, antecipa Lui.
 
Para o executivo, 2011 será o ano de consolidação da marca CCDE no mercado.

“Queremos chegar ao final do ano com uma presença muito forte em todo o Brasil. Para isso, trabalharemos na conscientização dos empresários sobre a necessidade de uma boa gestão das notas fiscais eletrônicas”, finaliza o diretor.

Sediada na capital paulista, a CCDE é, segundo Lui, a primeira empresa do Brasil especializada na convergência e difusão dos documentos fiscais eletrônicos.

O portfólio reúne uma plataforma de serviços voltados à gestão do ciclo de vida dos documentos, como distribuição, armazenamento, consulta, recuperação, arquivamento e descarte.