Tamanho da fonte: -A+A

O Gartner prevê que os usuários de e-mails wireless atingirão a marca de 1 bilhão até o final de 2014.

Só no mercado corporativo, estima-se que, até o fim de 2010, haja mais de 80 milhões de contas ativas em empresas de pequeno, médio e grande porte. Como motivador para este crescimento, a consultoria indica o ganho de produtividade.

O levantamento leva em consideração contas de e-mails acessadas por meio de dispositivos móveis dentro de aplicações nos próprios aparelhos, navegadores web ou por meio de um software gateway conectado ao servidor de e-mails.

“Cada vez mais haverá uma maior integração entre os e-mails wireless e software de redes sociais e de colaboração”, afirma o estudo do Gartner.

A consultoria prevê, inclusive, que até 2014 os serviços de redes sociais irão substituir os e-mails, sendo a forma mais utilizada para comunicação interpessoal entre 20% dos usuários corporativos.

Já a adoção de e-mail em nuvem crescerá significativamente entre os próximos três e cinco anos. Um dos motivos é que os serviços de colaboração providos pela Microsoft, IBM, Google, entre outros players, já incluem suporte para mobilidade.

Em 2009, somente 3% das contas de e-mails estavam em nuvem, mas até o final de 2012 esta porcentagem deve crescer para 10%.