A Global Crossing, fornecedora de soluções de IP, acaba de adquirir a Genesis Networks, provedora de serviços de vídeo.

O negócio envolveu uma contrapartida de US$ 27 milhões, incluindo US$ 15 milhões relativos ao pagamento de débitos em curso.

Com a compra, a companhia fortalece o portfólio com soluções para transmissoras, redes a cabo, empresas de produção e fornecedoras de serviços de transmissão de vídeo customizados.

A plataforma da Genesis agrega, ainda, uma rede de fibra ótica baseada em IP de vídeo e satélite de, com tecnologias de comutação e compressão.  

"A proliferação de vídeos em HD e 3D logo excederá a capacidade das tecnologias até então disponíveis, tornando redes de fibra ótica mundiais e centradas em mídia, como a nossa, a opção mais viável para difusores, produtores e distribuidores", afirma John Legere, diretor executivo da Global Crossing.

Conforme pesquisa da Infonetics Research, a receita mundial para serviços de vídeo, incluindo IPTV, vídeo a cabo e vídeo por satélite superará US$ 250 bilhões em 2014. E, de acordo com o índice de Redes Visuais, da Cisco, vídeos de Internet em 3D e HD somarão 46% do tráfego de vídeos na web de consumo até 2014.

A Genesis Networks mantém uma rede que atende a 70 cidades em cinco continentes, conectando centros internacionais de mídia ao longo de 225 locações on-net.

A título de comparação, a rede Global Crossing oferece acesso para mais de 700 cidades em todo o globo, com presença forte na América Latina, que se torna um novo mercado para a Genesis.

A Global Crossing atende a aproximadamente 40% das empresas Fortune 500, como também  700 carriers, operadoras móveis e ISPs.