Tamanho da fonte: -A+A

A NET teve uma queda de 76% no lucro do terceiro trimestre de 2010. Foram R$ 72 milhões de volume no período, contra R$ 298 milhões um ano antes.

A companhia terminou setembro com uma base de clientes de TV paga de 4,065 milhões, um incremento anual de 12 %.

Já os assinantes de banda larga cresceram 19%, a 3,329 milhões, enquanto os usuários de telefonia avançaram 20%, para 2,98 milhões.

Na banda larga, metade da base tem velocidades consideradas altas pela empresa, de 3 megabits por segundo.

Segundo a empresa, o resultado no 3T10 foi afetado por efeitos contábeis e tributários.

Entre as questões contábeis, foram citadas a reversão de R$ 124 milhões de PIS/Cofins não devido, que antes estava provisionado como contingência; e um ajuste no padrão IFRS para reconhecimento de ágio em função de reorganização societária.

Somente em 2009 ocorreu a incorporação de 54 subsidiárias, e há mais cerca de 12 a 14 para serem incorporadas em 2010.

"Os ajustes foram feitos basicamente no terceiro trimestre", reiterou o diretor de Relações com Investidores da empresa, Márcio Minoru Miyakava, segundo o jornal Estado de S. Paulo.