Tamanho da fonte: -A+A

A TIM encerrou o primeiro trimestre de 2010 com lucro líquido de R$ 30 milhões, contra prejuízo de R$ 165 milhões no mesmo período do ano passado.

O EBITDA cresceu 31% ano-a-ano, totalizando R$ 810 milhões e a margem EBITDA atingiu 24,8%. No móvel (excluindo Intelig), o crescimento do EBITDA foi 32% e a margem atingiu 25,8% (comparada com 20,1% do 1ºT 2009).

Em nota, a operadora comemora “expressiva evolução em todos os indicadores operacionais e financeiros, consolidando a recuperação iniciada há um ano, com o relançamento da companhia”.

A empresa também somou 1,3 milhão de linhas nos últimos três meses, atingindo 42,4 milhões de linhas. No primeiro trimestre de 2010 foi registrado crescimento na taxa de MOU (minutos por usuário) de 42% em relação ao mesmo período do ano anterior, chegando a 100 minutos em março.

A TIM espera fechar 2010 com uma margem EBITDA superior a 25% e um crescimento na receita líquida de serviços superior a 5%.

Investimentos
No 1T10 foram investidos R$ 576 milhões na operação, grande parte na expansão de capacidade 2G e no aumento da capilaridade da rede 3G – quase o triplo em relação a igual período de 2009.

Já a recente incorporação da Intelig permitirá a aceleração da expansão da rede 3G da TIM e a abordagem de novos mercados de voz e dados, tanto residencial quanto corporativo.