Tamanho da fonte: -A+A

O Grupo Agropalma, produtor de óleos comestíveis controlado pelo Banco Alfa, acaba de adotar uma solução de redes convergentes da Dígitro, provedora de soluções para TIC.

A aplicação unifica todos os serviços de voz e dados de duas empresas do grupo - a Agropalma S/A e a Companhia Refinadora da Amazônia - através da utilização de roteadores, com suporte a serviços e um link terrestre.

A opção foi a escolhida para substituir a estrutura de rede de longa distância, baseada em link de satélite e que realizada aa a ligação das quatro unidades produtivas da empresa - distribuídas na capital e no interior do Pará - com o escritório comercial do grupo, localizado na capital paulista.

Só com a substituição do link de satélite, relata Ricardo Pinho, gerente de TI da Agropalma, a empresa já obteve uma considerável redução dos custos fixos de conexão, além de dispor de recursos consideravelmente maiores de gerenciamento e suporte a serviços IP.

Segundo o gerente, pelos modelos na rede via satélite quase todas as implementações de novos serviços ou de sites na rede dependiam, em grande parte, da intervenção do fornecedor. Com isso, a equipe de TI precisava lidar com uma estrutura pouco flexível e com problemas de lentidão na ativação de novos serviços.

“Uma das limitações do satélite estava, por exemplo, na difícil criação de políticas de prioridade de tráfego, o que em alguns casos chegava a interferir na eficiência do negócio”, explica Pinho.

Ainda de acordo com a empresa, a rede convergente traz maior sincronismo para as transferências de dados da empresa, diferentemente dos links de satélite que dificultavam esse processo.  A equipe vem conseguindo implementar serviços de alto desempenho e baixo custo como a utilização de VoIP entre todas as localidades remotas, ligando todos os funcionários de São Paulo e do Pará sem custos com chamadas interurbanas.

Além disso, no novo modelo, a Agropalma pode a qualquer tempo implementar na rede novos serviços que levam a  todos os pontos da empresa facilidades da telefonia digital, como recursos que permitem conferir nos telefones celulares dos funcionários números de ramais não tarifados do PABX e adotar serviços como Conference Call e Videoconferência, tudo na mesma infra-estrutura.

Com 2,8 mil, 82 mil hectares de terras e 23 mil palmeiras já plantadas, a Agropalma detém cerca de 1,6 mil Km de estradas próprias e mantém 4 agrovilas no Pará, também ligadas à sua rede.