Luciano Menezes, diretor comercial e de marketing da Tesa

Tamanho da fonte: -A+A

As porto alegrenses Digistar, fabricante de equipamentos de comunicação convergentes, e Tesa, operadora de telecom, acabam de lançar uma solução de telefonia via Internet desenvolvida em parceria. Com a ferramenta, a meta é abocanhar 20% do mercado de telefonia IP entre as pequenas e médias empresas brasileiras ainda em 2010.
 
Além disso, a solução é uma das apostas da operadora gaúcha para chegar aos R$ 35 milhões de faturamento este ano – quase cinco vezes mais do que o registrado em 2009.

Outra meta para chegar a esta receita é ampliar o número de canais dos atuais 140, dos quais 20 são Digistar, para 350 este ano. Muito em função do novo produto, que foi testado por todas as revendas antes de ser lançado.

“A ferramenta integra linha XIP PABX IP, da Digistar, ao nosso Softphone, que é um serviço de telefonia baseado em software de comunicação instalado no computador do usuário e que permite a realização de chamadas via IP”, explica Luciano Menezes, diretor comercial e de marketing da Tesa.

A solução oferece, ainda, funcionalidades como acesso remoto ao ramal, chat em rede e videoconferência, recebimento de mensagens instantâneas, envio de arquivos, entre outras.

“Com este serviço qualquer funcionário poderá acessar seu ramal de qualquer lugar, pois, na prática, ele funciona como um ramal móvel”, destaca Menezes. “É uma parceria que beneficiará ambas empresas, mas principalmente o mercado corporativo, que terá uma necessidade latente atendida”, acrescenta Ricardo de La Torres, diretor de Marketing da Digistar.