A Transit Telecom acaba de implementar um projeto de rede FTTB (Fiber to the Building) em um prédio do distrito industrial Uninorte, em Piracicaba. O edifício é o primeiro na América Latina a contar com esse tipo de rede convergente de fibra óptica.

A estrutura FTTB com tecnologia Gepon é baseada na confluência de cinco aplicações: telefonia, banda larga, TV, sistema de segurança e de interfone. O sistema permite o compartilhamento da mesma fibra para múltiplos usuários e, com isso, a redução das despesas operacionais pode chegar até 80%.

O projeto desenvolvido para atender ao distrito industrial da cidade, que agrega em torno de 70 empresas, envolve o conceito multiplay - diversos serviços em um só.

E das 70 indústrias, 57 já são clientes da nova solução. Agora, a expectativa da Transit é atender a 100% das companhias locais e, dentro da viabilidade técnica, estender o modelo de negócios a outros municípios.

“A solução traz os benefícios da fibra óptica para atender às indústrias locais. Devido à alta performance, esta tecnologia é ideal para trafegar múltiplos serviços”, explica Hitoshi Nagano, diretor de Marketing e Produtos da Transit.

No projeto, a empresa atuou em parceria com a Furukawa, fornecedora de fibra óptica e soluções FTTx.

“A sinergia entre as companhias nos possibilitou desenvolver uma solução 360º, desde o projeto, passando pela implementação e a manutenção da plataforma de operação e da rede”, finaliza Nelson Saito, gerente de Soluções FTTx da Furukawa.