Tamanho da fonte: -A+A

São Paulo, assim como Nova York e Sydney, devem ganhar novos data centers da Dell na segunda metade deste ano.

A construção das unidades faz parte da estratégia divulgada pela fabricante de computadores no começo de 2011, que deverá envolver investimento de US$ 1 bilhão, nos próximos três anos, em incremento da oferta de armazenamento de dados, serviços e cloud computing.

Desse montante, a companhia projeta destinar boa parte à abertura de data centers, e já começou: nesta quinta-feira, 07, anunciou a inauguração de uma unidade em Xangai, destinada à hospedagem de nuvens públicas e privadas.

Primeiro do gênero aberto pela empresa na região Ásia-Pacífico, o data center não é o único recentemente inaugurado.

Em junho, a Dell já havia iniciado a operação de outra estrutura focada em cloud na Irlanda, a exemplo do que já possui em Cingapura, Frankfurt, Washington, Chicago e Texas.

Para os próximos meses, novos data centers também serão abertos em Paris e Tóquio, conforme divulgado pela multi.

A estratégia de reforço da oferta de software, serviços e cloud computing também inclui aquisições.

Nos últimos dois anos, a Dell comprou nada menos do que 11 empresas com este foco, e, segundo divulgado nesta quinta-feira, novas compras podem ser aguardadas para os próximos meses.