A partir deste mês, empresas que utilizam os UTMs da BluePex para gerenciamento unificado de ameaças passam a contar com uma base ampliada de mais de dois bilhões de endereços de sites, além de controlar o acesso a programas específicos por meio da camada de aplicação Layer 7.

As duas novidades fazem parte do anúncio do UTM 2.0, nova linha de produtos de segurança da BluePex que chega ao mercado em janeiro.

“A navegação por páginas impróprias é um problema real para as empresas. Ampliando da base de websites, oferecemos maior controle de acessos”, afirma Nilton de Souza, diretor de gestão da BluePex. “Já o controle do uso por meio da camada de aplicação amplia a segurança das redes corporativas, possibilitando controlar o conteúdo que passa pelas portas de acesso e bloquear protocolos e sistemas que costumam burlar os Firewalls/UTM, como P2Ps, Skype e eMule”, completa.

A BluePex atua no fornecimento de diversos appliances e serviços para segurança de redes empresariais. A companhia oferece servidores Unified Threat Management (UTMs), servidores profissionais de e-mails, filtros para controle de acesso, servidores antispam e antivírus, VPN e appliance para controle de Instant Messengers.

Além disso, conta também com um antivirus próprio, o BluePexAV, e serviços de consultoria em segurança e vulnerabilidade, monitoramento de redes corporativas, BPO e treinamentos.

A empresa tem sede em Limeira-SP e canais em Indaiatuba, nos EUA e no Uruguai.