Um relatório divulgado nesta quarta-feira, 09, pelo Dell’Oro Group indica que as vendas de equipamentos para redes de transmissão via fibra ótica devem somar US$ 17,3 bilhões no mundo nos próximos cinco anos, com expansão de 12% ao ano.

O crescimento se dará especialmente em função da demanda por equipamentos DWDM (tecnologia ótica para aumentar largura em redes de transporte em fibra) e WDM (canalizador em comprimentos de ondas óticas para implementação de mais de uma porta optica em enlace único).

Ainda segundo o relatório, o aumento das vendas do setor será impulsionado, até 2016, pela necessidade de aumento da capacidade das atuais redes globais entre 40 e 100 Gbps.

Ao mesmo tempo em que as redes DWDM e WDM irão crescer, os tradicionais Sonet (rede ótica síncrona) e multiplexadores SDH (padrão para sincronia de transmissão ótica) tendem a declinar, informa o Dell’Oro Group.

Com base nessa relação, levantamento aponta que, em cinco anos, a combinação dos comprimentos de onda 40 e 100 gigabit devem contribuir com mais de US$ 4,7 bilhões da receita de redes óticas globalmente.