Tamanho da fonte: -A+A

Até 2015, o Brasil terá cerca de 59 milhões de assinantes de serviços móveis de WiMax. É o que indica uma pesquisa da ABI Research.

Conforme o estudo, ainda há barreiras ao crescimento deste tipo de serviço no país, especialmente devido a dificuldades do cenário econômico.

De acordo com o levantamento, a crise econômica mundial levou os investidores a atrasarem projetos neste setor, o que afetou a expansão do segmento como um todo, reduzindo, inclusive, as perspectivas de crescimento da base de assinantes.

Mesmo assim, a ABI vê a previsão até 2015 como otimista.