A Magic Software, lança a nova versão de sua plataforma para o desenvolvimento de aplicações de negócios uniPaaS, agregando funcionalidades para o desenvolvimento no sistema operacional dos smartphones BlackBerry, da RIM.

Segundo a empresa, com os novos recursos, o alcance das soluções multi-dispositivos é ampliado, possibilitando que a solução crie aplicações para diversas plataformas.

Na prática, uma mesma ferramenta será capaz de gerar apps para os BlackBerry, iPhones, Windows Mobile, aparelhos rodando a plataforma móvel do Google, o Android, e outras.

Rodney Repullo, diretor executivo da Magic Software Brasil, aposta na solução do desafio de criar para várias plataformas para impulsionar a nova versão da ferramenta.

“Nem mesmo as líderes de mercado, que exigem o uso de plataforma complementar para ajustar diversas funcionalidades com foco nos negócios, têm essa capacidade”, garante o executivo.

Segundo Repullo, o lançamento acompanha o forte crescimento do uso de aplicações móveis nas corporações para o tratamento de tarefas relacionadas à gestão via ERP, CRM, Recursos Humanos entre outras.

De acordo com o Gartner, em 2010, as vendas de smartphones superaram a marca de 300 milhões de unidades, um aumento de 72% em comparação ao ano anterior.

O número de usuários corporativos de smartphones em todo o mundo deverá formar uma comunidade de mais de 1,19 bilhões em 2013, o que sinaliza um enorme mercado para os desenvolvedores de aplicações.

“Com a proliferação de plataformas móveis, as companhias desejam que as suas aplicações móveis de negócios sejam compatíveis com as diversas plataformas”, finaliza Guy Bernstein, CEO da Magic Software Enterprises.

Provedora de tecnologias para o desenvolvimento e integração de aplicações de negócios baseadas em Cloud Computing, mobilidade, SaaS, SOA e BPM, a empresa fez o anúncio durante o Business IT South America, que se realiza no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre.

* O Baguete Diário cobre a BITS 2010 com patrocínio da HervalTech - HP e TI Works e apoio da Radioativa Produtora, Unirede e Softsul.