Lucro da ZTE cai 12,4% no semestre

12/08/2011 16:44

A chinesa ZTE fechou o primeiro semestre de 2011 com queda de 12,4% no lucro líquido, que somou cerca de US$ 122,9 milhões.

Conforme comunicado divulgado pela companhia, a queda no lucro se deve à estratégia de expandir a participação de mercado, além de “mudanças na estrutura de produtos e subsídios pendentes para reembolso de software VAT”.

Tamanho da fonte: -A+A

A chinesa ZTE fechou o primeiro semestre de 2011 com queda de 12,4% no lucro líquido, que somou cerca de US$ 122,9 milhões.

Conforme comunicado divulgado pela companhia, a queda no lucro se deve à estratégia de expandir a participação de mercado, além de “mudanças na estrutura de produtos e subsídios pendentes para reembolso de software VAT”.

No semestre, a receita operacional da empresa, fornecedora de soluções de rede, cresceu 21,6% ano/ano, ficando na casa dos US$ 5,84 bilhões.

Do total de receita operacional, 55,7% veio dos mercados internacionais, informa a divulgação oficial da companhia.

No semestre, a ZTE vendeu 60 milhões de produtos de terminal, incluindo cinco milhões de smartphones, um aumento de 400% em relação ao mesmo período do ano anterior.

“Consequentemente, a receita operacional proveniente da divisão de aparelhos celulares da empresa aumentou de 25,4% para 30% em relação ao mesmo período do ano passado”, destaca o comunicado.

Passou a RIM

O crescimento nesta linha de produtos fez com que a ZTE superasse a RIM, no segundo trimestre deste ano, ficando com a quinta colocação no ranking geral de fabricantes de smartphones.

O dado é de uma pesquisa do Gartner, segundo a qual a fabricante do BlackBerry amargou queda de 12% na participação de mercado em 2011, depois de já ter caído 19% em 2010.

Com isso, a RIM ficou sexto lugar da lista, que segue sendo liderada pela Nokia.

No geral, crescimento
A pesquisa da Gartner também indica crescimento de 74% na venda geral de smartphones no varejo, na comparação entre o segundo trimestre de 2011 e de 2010.

A alta dos dispositivos móveis em geral foi de 16,5%, com 428,7 milhões de unidades comercializadas.
 

Veja também

Carrefour vende tablet da ZTE

A rede de supermercados Carrefour anuncia nessa quinta-feira, 04, uma oferta do tablet da ZTE.

Um dos modelos mais baratos oferecidos no país, o modelo com sistema operacional Android, do Google, sai por R$ 899 à vista. A oferta é válida para essa quinta, em todas as lojas no Rio Grande do Sul, segundo o anúncio.

ZTE: fundo de capital de risco para funcionários

A chinesa ZTE Corporation lançou um fundo de capital de risco de 100 milhões de yuans, o equivalente a cerca de US$ 15,5 milhões, voltado ao fomento da inovação entre seus 80 mil colaboradores.

O objetivo, segundo o presidente da companhia, Hou Weigui, é incentivar os funcionários a criarem ideias de investimentos para o fundo, com foco em projetos não convencionais na área de Telecom.

ZTE fabricará tablets no Brasil em agosto

Após reunião com a presidente Dilma Rousseff nessa segunda-feira, 27, representantes da chinesa ZTE anunciaram que começarão a produzir tablets no Brasil a partir de agosto deste ano. A produção será realizada em parceria com empresas nacionais.

“Já fizemos parceria com algumas fábricas no Brasil para a produção local”, disse o presidente da ZTE, Hou Weigui.

ZTE quer 1/3 da receita na nuvem

A ZTE, fabricante chinesa de equipamentos de telecomunicações e soluções de rede, anuncia sua entrada no mercado de ferramentas de computação em nuvem.

A meta da companhia é que as vendas das soluções “OS 'CoCloud”, como foi batizada a nova linha, respondam por 1/3 da receita total em breve.

Apple toma lugar da ZTE em portáteis

Com 18,6 milhões de dispositivos móveis comercializados nos meses de janeiro a março de 2011, a Apple ocupa o lugar da asiática ZTE na fabricação mundial de aparelhos portáteis (handsets).

Dados da Strategy Analytics estimam em 350 milhões de unidades o total de handsets produzidos e despachados no primeiro trimestre de 2011, um crescimento de 17% em relação ao mesmo período do ano passado.

Serviços impulsionam receita da ZTE em 60%

A fabricante chinesa de equipamentos de telecomunicações e soluções em rede ZTE anuncia que obteve crescimento de mais de 60% em contratos no setor de serviços gerenciados em todo o mundo, nos primeiros meses deste ano.

Nos mercados da Europa, a expansão foi ainda maior: a companhia superou a marca de nada menos que 300% de crescimento na área.

Chineses de olho: ZTE vai abrir em Hortolândia

A fabricante de equipamentos de telecomunicações ZTE foi a segunda empresa chinesa a anunciar investimentos no Brasil esta semana.

A companhia oficializou na segunda-feira, 11, uma parceria com a prefeitura de Hortolândia para construção de uma fábrica na cidade.

ZTE: celular foca idosos

Já está disponível em alguns pontos de venda do Rio de Janeiro um celular da chinesa ZTE com funções específicas para idosos. O s302 promete ser um aparelho básico e de fácil manuseio.

O telefone móvel possui teclas grandes de bem iluminadas, além de um sistema de áudio que permite uma pré-configuração do volume do aparelho.