A Telebrás já fechou contratos para fornecimento de infraestrutura de rede para mais de 20 provedores de internet e espera encerrar o ano com mais de mil interessados no serviço.

A previsão foi dada pelo presidente da estatal, Caio Bonilha, à agência Reuters.

Hoje, a empresa possui cerca de 600 empresas cadastradas para participar do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), do qual a Telebrás é operadora. “Mais contratos devem ser fechados nos próximos meses”, afirmou o diretor.

A companhia, que começou a gerar receita através dos contratos já fechados, está trabalhando com orçamento para 2012 de pouco mais de R$ 350 milhões , o que é "enxuto", disse Bonilha.

Esse orçamento direcionará mais busca de parceiros privados para a interligação de redes, segundo ele.

Conforme declarado por Bonilha, nos próximos anos a companhia quer aumentar a receita para depender cada vez menos do Tesouro e gerar mais valor aos acionistas, principalmente os minoritários.