A Algar Telecom, empresa de telecomunicações do Grupo Algar, encerrou 2010 com lucro líquido 71,9% maior do que o obtido em 2009, totalizando R$ 123 milhões, com margem de 8% ante 5% no ano anterior.

O Ebitda registrou crescimento de 12,9%, somando R$ 409 milhões.

Já a receita bruta aumentou 8,9%, alcançando R$ 1,9 bilhão, e a receita líquida somou R$ 1,5 bilhão.

Os investimentos no ano alcançaram R$ 237 milhões.

Ao longo de 2010, a Algar lançou a CTBC TV, sua TV via satélite, e recebeu autorização para prestar esse serviço em todo o país.

A oferta iniciou com 87 municípios da área de concessão da companhia - Minas Gerais, Paraná, São Paulo, Distrito Federal, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Goiás -, em um investimento de R$ 25 milhões.

Em oito meses de operação, a CTBC TV conquistou uma base de 47 mil clientes. Somado ao serviço de TV a cabo, a empresa fechou 2010 com 79 mil clientes de TV, 148% de alta ano/ano.

A receita bruta do serviço, por sua vez, cresceu 45,4% em relação a 2009.

Também no ano passado a companhia adquiriu a licença para operar na Banda H, última faixa de frequência disponível de telefonia celular 3G, em localidades radiais à atual área de atuação, com DDDs 34, 35 e 37.

Com isso, a empresa poderá ampliar o mercado consumidor de telefonia móvel dos atuais 2,9 milhões para 7,1 milhões e a área de abrangência de 87 municípios para mais 233 localidades.

A Algar Telecom encerrou 2010 com 799 mil linhas de telefonia fixa em serviço, enquanto o número de acessos banda larga saltou de 239 mil em 2009 para 277 mil em 2010.

Em telefonia celular, a base de clientes da empresa cresceu 13,4% ano/ano, fechando com 579 mil celulares.

A operadora oferece telefonia fixa, celular, internet banda larga (3G e ADSL), comunicação de dados, TV por assinatura (DTH e cabo) e código 12 de longa distância nacional e internacional.

Para ao mercado corporativo, a empresa ainda oferece serviços de TI e de gerenciamento.

Ao todo, são mais de 1,8 milhão de clientes no país.