Equipamentos para redes de fibra ótica devem receber, em breve, incentivos do governo.

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse nessa sexta-feira, 17, que a União concederá desoneração de impostos para a produção de hardware voltados à infraestrutura de telecomunicações.

A medida será incluída na Política de Desenvolvimento de Competitividade (PDC). A definição sobre os benefícios e com será tal medida deve ocorrer em 60 dias.

Para obterem reduções de impostos, no entanto, as empresas terão algumas contrapartidas, que ainda serão definidas, segundo o ministro.

A ideia é impulsionar a fabricação de equipamentos como roteadores, modems e de soluções de transmissão para ampliar a construção de redes de fibra ótica e tentar suprir a atual gaps no país.