SC inicia implantação de wireless nas escolas

19/05/2010 14:46

O IEE (Instituto Estadual de Educação), de Florianópolis, acaba de se tornar a primeira escola de Santa Catarina a ter sua área interna 100% coberta por uma rede wireless.

A implantação faz parte de um projeto da Secretaria de Educação do estado, que pretende levar acesso móvel, além de notebooks e netbooks, a diversas escolas públicas, selecionadas a partir de seu desempenho no Ideb (Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico).

Tamanho da fonte: -A+A

O IEE (Instituto Estadual de Educação), de Florianópolis, acaba de se tornar a primeira escola de Santa Catarina a ter sua área interna 100% coberta por uma rede wireless.

A implantação faz parte de um projeto da Secretaria de Educação do estado, que pretende levar acesso móvel, além de notebooks e netbooks, a diversas escolas públicas, selecionadas a partir de seu desempenho no Ideb (Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico).

No IEE, que atende a 8,9 mil alunos, além de cerca de 350 professores e funcionários, foram utilizados equipamentos da Extreme Networks, implantados pela Integra Tecnologia.

Foram instalados 27 pontos de acesso sem fio na área interna da escola, que também ganhou uma infraestrutura de suporte e um link de rádio interligando a rede local ao prédio da Secretaria de Educação, para que esta realize o monitoramento remoto da rede.

Com isso, a SED-SC poderá monitorar os acessos e conteúdos que circulam na rede da instituição, podendo, por exemplo, bloquear determinados conteúdos, fixar restrições de horários, conceder autorizações especiais para navegação, entre outras medidas.

“O uso de TI no processo educativo é um caminho sem volta”, afirma Genivaldo Andrade Bulhões, gerente de TI da SED-SC. “Ou as escolas se modernizam ou não vão conseguir dar conta das novas necessidades dos alunos de hoje”, pondera.

Para a realização do projeto, Bulhões explica que foi realizada, em julho do ano passado, uma licitação para aquisição dos equipamentos. A Integra, representante da Extreme Networks no estado, foi a vencedora.

A partir disso, a SED-SC adquiriu da companhia dois switches X450e (com 24 e 48 portas), seis switches X250e de 24 portas, dois switches X250e de 48 portas e um controlador wireless WM20. Foram comprados também 27 Access Points 350-2D da família Altitude, da Extreme.

Etapas do projeto
O projeto começou a ser executado em meados de setembro de 2009, com a instalação da infraestrutura básica, abrangendo as partes elétricas e de cabeamento, fase que consumiu em torno de 30 dias.

A seguir, houve a implementação dos ativos de rede, concluída em duas semanas.

A Integra foi responsável por todas as tarefas ligadas à construção do ambiente, desde a estruturação do meio físico até a instalação, integração e configuração dos equipamentos.

“Operacionalmente, a rede sem fio foi segmentada em seis sub-redes, cada qual voltada para um perfil específico de usuário: coordenação, professores, alunos do matutino, alunos do vespertino, séries (sistema de uso dos funcionários, contendo dados sobre matrículas, notas dos estudantes, etc) e visitantes”, pormenoriza Dieter Erwin Christan, gerente Técnico da Integra.

Antes
O IEE já possuía, anteriormente, uma rede cabeada comum, mas esta não cobria todas as dependências da instituição, limitando-se aos setores de secretaria, direção, biblioteca, principais coordenações, sala dos professores e laboratórios de informática.

Agora, os computadores que não são atendidos pela rede convencional serão plugados na rede sem fio, pois foram instaladas placas wireless em todos os computadores do colégio.

Veja também

RS investe R$ 26 mi na TI das escolas

Para cumprir a meta de universalização do uso da informática nas escolas gaúchas, o Governo do Estado entregou esta semana, na Secretaria da Educação, em Porto Alegre, 2.045 computadores para equipar 244 instituições da rede estadual.

Campo Bom 100% wireless
A prefeitura de Campo Bom inaugurou nesta quinta-feira, 01, o W – Wireless uma rede sem fio que deve prover acesso à Internet sem fio a 60 mil habitantes em toda a área do município.

O investimento foi de R$ 1,05 milhão e envolveu a compra de antenas, torres, rádios e servidores, com implantação das empresas Maila Networks, de Porto Alegre, e Tec System, de Sapiranga. São 14 torres de distribuição ligados a um anel de fibras ópticas da prefeitura.
UCS vai ficar wireless
Todos os 35,1 mil alunos de graduação, ensino médio, pós-graduação e outros cursos oferecidos pela UCS em 12 cidades da Serra Gaúcha e seus cerca de 1,3 mil professores terão acesso a conexão wireless até a segunda quinzena de outubro.

Nas próximas semanas, serão instalados 110 pontos de acessos da Motorola, com consultoria e serviços da porto alegrense Automatech, a um custo estimado de R$ 550 mil.