Tamanho da fonte: -A+A

Uma pesquisa encomendada pela Amdocs à Ovum revelou que 73% das operadoras planejam expandir seus serviços pré-pagos, disponibilizando ofertas que geralmente eram direcionadas apenas para clientes pós-pagos, nos próximos meses.
 
O estudo foi realizado junto a executivos de 19 operadoras na Europa, América do Norte e Ásia-Pacífico.

Segundo o levantamento, quase metade das operadoras entrevistadas afirma ser necessário investir em mudanças moderadas ou significativas em seus sistemas de suporte operacional e de negócios (B/OSS), especialmente para vencer desafios técnicos para expansão do pré-pago.
 
Segundo Sara Kaufman, analista da Ovum, a crescente oferta de smartphones e aparelhos mais sofisticados tem atraído os clientes pré-pagos, que agora querem expandir os recursos não só de seus aparelhos, como de seus planos de telfonia móvel.
“Eles querem mais qualidade em mensagens de texto, banda larga e aplicativos móveis”, afirma ela. “Prevemos um crescimento de 75% para os serviços pré-pagos em 2010 e de 77% em 2015”, complementa.

Outro dado da pesquisa aponta que 63% das operadoras, principalmente da América do Norte e Europa, já oferecem modelos de pagamento híbrido (cobranças pré e pós-paga) para evitar a migração da base para planos concorrentes.

“Este controle dos gastos é um desejo do cliente e também passa a ser uma garantia de receita para as operadoras”, ressalta Sara.
 
Entretanto, os atuais sistemas de suporte operacional e de negócios não devem suprir as mudanças previstas.

Atentas a isso, 47% das operadoras afirmam ter de investir nas plataformas B/OSS para acelerar o lançamento de novos serviços no pré-pago, 67% declaram já estar implementando as mudanças necessárias nos sistemas e 33% afirmam que tais investimentos devem ocorrer em até 24 meses.

Já o desenvolvimento de soluções convergentes de cobrança é a grande aposta para 61% das operadoras.

“Entre as operadoras, quem conseguir oferecer uma gama mais ampla de serviços estimulará seus clientes a usá-los mais, aumentando a fidelidade e, consequentemente, o volume de negócios", salienta Rebecca Prudhomme, VP de Marketing de Produtos e Soluções da Amdocs.

Somente em 2010, as soluções da Amdocs para o segmento de pré-pagos atenderam a aproximadamente 100 milhões de assinantes de operadoras na América do Norte, Ásia e Europa.

O Amdocs Prepaid, baseado na tecnologia Turbo Charging, foi um dos mais utilizados.

A solução é uma suíte que contempla desde o controle das sessões e eventos de rede e a criação e entrega de serviços até a cobrança e gestão de clientes em tempo real.

O estudo completo encomendado pela Amdocs à Ovum pode ser conferido na íntegra, em inglês, pelo link abaixo.