Tamanho da fonte: -A+A

As mulheres são mais adeptas do sexting (termo em inglês que define o envio de mensagens de  com conteúdo sexual pelo celular) do que os homens.

É o que apontou uma pesquisa com 5 mil usuários do site  AshleyMadison.com, rede social americana voltada para pessoas casadas interessadas em casos extraconjugais.

Dois terços das mulheres admitiram enviar esse tipo de mensagem, contra apenas metade dos homens.

O estudo recebeu o nome de Let your fingers do the talking: sexting and infidelity in cyberspace (Deixe que os dedos falem por você: sexting e infidelidade no ciberespaço).