RIM BBX reúne BlackBerry e QNX

20/10/2011 12:01

A Research In Motion (RIM) lança o BlackBerry BBX, que une recursos das plataformas BlackBerry e QNX em uma única solução voltada a tablets e smartphones.

A novidade agrega o BBX-OS, que suporta serviços de nuvem e ambientes de desenvolvimento para HTML5 e desenvolvedores nativos.

Além disso, traz suporte para aplicativos desenvolvidos com qualquer das ferramentas já disponibilizadas para o BlackBerry PlayBook (SDK Nativo, Adobe AIR/Flash, WebWorks/HTML5 e Runtime BlackBerry para aplicativos Android ).

Tamanho da fonte: -A+A

A Research In Motion (RIM) lança o BlackBerry BBX, que une recursos das plataformas BlackBerry e QNX em uma única solução voltada a tablets e smartphones.

A novidade agrega o BBX-OS, que suporta serviços de nuvem e ambientes de desenvolvimento para HTML5 e desenvolvedores nativos.

Além disso, traz suporte para aplicativos desenvolvidos com qualquer das ferramentas já disponibilizadas para o BlackBerry PlayBook (SDK Nativo, Adobe AIR/Flash, WebWorks/HTML5 e Runtime BlackBerry para aplicativos Android ).

A BBX também conta com a nova interface de usuário BlackBerry Cascades para gráficos avançados e recursos de “Super Aplicativos”, que viabilizam integração entre aplicativos, serviços Push sempre ativados e a BBM Social Platform.

Além da nova plataforma, a RIM também anuncia atualizações para suas ferramentas, como o WebWorks para smartphones e tablets BlackBerry, o SDK Nativo para BlackBerry PlayBook e uma versão developer beta do BlackBerry PlayBook OS 2.0 com suporte para aplicativos Android.

“Com quase cinco milhões de downloads de aplicativos por dia, nossos clientes fizeram da plataforma BlackBerry uma das mais lucrativas para o desenvolvedor”, afirma Mike Lazardis, presidente e CEO conjunto da RIM.

Segundo ele, é pensando neste público desenvolvedor que a RIM aposta, por exemplo, no BlackBerry WebWorks.

“Este lançamento é voltado a desenvolvedores que querem suportar tanto os smartphones existentes (com os sistemas operacionais BlackBerry 6 e BlackBerry 7)  quanto o BlackBerry PlayBook. Com isso, eles podem desenvolver aplicativos para as duas plataformas, com suporte para aplicativos em HTML5, CSS e JavaScript”, comenta o CEO.

Ainda conforme o presidente, a última versão do SDK BlackBerry WebWorks SDK 2.2 também já está disponível e inclui atualizações para o novo SDK, fora o sistema operacional doPlayBook, o Simulador do PlayBook e outras novidades.

As APIs BlackBerry WebWorks são suportadas pelo Ripple Emulator, uma ferramenta de emulação de navegador independente que permite testar e depurar aplicativos em diversas plataformas e dispositivos, sem precisar compilar o código ou iniciar simuladores.

A partir desta quinta-feira, 19, o Ripple Emulator está disponível em versão beta e também poderá ser baixado no site de desenvolvedores de WebWorks da RIM, relacionado abaixo.

Veja também

Tablet RIM a partir de R$ 1,3 mil no BR

Seis meses depois de sua estreia na América do Norte, o tablet da RIM chega ao Brasil.

À venda em varejistas como Americanas.com, Fnac, Livraria Saraiva, Shoptime.com, Submarino.com, o PlayBook custa entre R$ 1.299 e R$ 2.299, dependendo do modelo.

Em breve, o modelo também estará disponível nas lojas da Claro.

Os aparelhos são vendidos com 16 GB, 32 GB e 64 GB, e os preços variam entre as lojas.

RIM dá apps para compensar apagão

A canadense RIM irá oferecer aplicativos gratuitamente, avaliados em mais de US$ 100, para apaziguar clientes do BlackBerry frustrados pela interrupção do serviço na semana passada.

O apagão durou dias e afetou milhões de pessoas.

A RIM informou que a lista de aplicativos estará disponível para download no BlackBerry App World por quatro semanas, a partir de 19 de outubro.

RIM não sabe por que o sistema falhou

O CEO da RIM, fabricante do BlackBerry, admitiu que a empresa não sabe o motivo da falha por quase três dias nos serviços da empresa, ocorrida durante essa semana.

“Não sabemos por que o servidor falhou e por que o serviço não foi transferido para um sistema alternativo”, disse Mike Lazaridis.

Perguntado sobre o por que a empresa não pôde evitar backlogs de tráfego de rede alterando o roteamento e ignorando o data center de Slough, a RIM não deu uma resposta direta.

RIM compra empresa de cloud

A canadense RIM, dona do Blackberry, comprou a irlandesa NewBay, provedora de ferramentas de fotos, vídeos e redes sociais para smartphones e computadores, por US$ 100 milhões.

O negócio é visto como uma tentativa de fortalecimento da empresa, combalida pela perda de mercado para o iPhone e para celulares com a plataforma Android.

Serviços da RIM para BlackBerry sofrem apagão

Os usuários do smartphone BlackBerry, da Research In Motion (RIM), na America Latina e Canadá, ficaram sem os serviços da companhia durante a última sexta-feira, 16.

De acordo com o portal Financial Post, o problema afetou o envio e recebimento de mensagens instantâneas do BlackBerry Messenger e de e-mails, decorrente de um apagão parcial nos serviços da RIM.

RIM abre nova app store no Brasil

A fabricante do Blackberry Research in Motion (RIM) anunciou o lançamento da versão 3.0 de sua loja de aplicativos, a Blackberry App World.

Hoje, a App World possui um catálogo de mais de 35 mil títulos, com mais de 3 milhões de downloads no mundo sendo registrados diariamente.

Entre as novidades está seu novo design, que inclui uma barra com um carrossel rotativo com os últimos apps lançados. Além disso, o espaço agora tem uma versão em português.

BlackBerry tem novo apagão

Usuários do BlackBerry na Europa, Oriente Médio e África sofreram um novo apagão.

Segundo o jornal Financial Times, pelo menos 10 milhões, dos 70 milhões de usuários do aparelho foram afetados pelo problema, que ocorre menos de um mês de um incidente similar.

Dessa vez, o problema durou 20 horas, deixando os usuários com dificuldades de acesso ao serviço de e-mail da marca, o BlackBerry Messenger.

Emergentes são esperança do BlackBerry

Os mercados em desenvolvimento podem ser a salvação da RIM, cujo smartphone BlackBerry – vedete do mercado corporativo no passado – tem sofrido com a emergência do iPhone e do Android.

Segundo o jornal Wall Street Journal, a forte demanda nos mercados emergentes estão colaborando com a empresa canadense, que já reduziu o preço do BlackBerry para cerca de US$ 200 em certos mercados, como a Indonésia, onde um iPhone custa US$ 500.

TIM também entra na onda do BlackBerry

Na mesma linha da Claro, a TIM está lançando acesso ilimitado à internet pelo celular em BlackBerry.

A promoção dá acesso ilimitado à web, redes sociais e a outros sites totalmente grátis até fevereiro de 2012. Os clientes poderão ainda utilizar o BlackBerry Messenger (BBM), serviço de mensagens instantâneas exclusivo da plataforma BlackBerry.

Claro lança pré-pago para BlackBerry

A operadora Claro lançou dois pacotes de serviços para os smartphones BlackBerry.

São duas opções de serviço. Uma por R$19,90 e outra por R$39,90, oferecendo, respectivamente,  acesso ilimitado à internet e uma conta de e-mail pessoal, além de mensagens instantâneas, e  navegação em vídeo e música por demanda.

Os pacotes são chamados de BlackBerry Total 15 Dias e BlackBerry Total 30 Dias.

Mercado Livre lança app para BlackBerry

O Mercado Livre anunciou um aplicativo para BlackBerry no qual é possível fazer pesquisas e realizar compras.

Pelo app, o usuário poderá buscar por produtos e preços no site e fazer perguntas para o vendedor. O login deve ser feito pelo smartphone, após a realização de um cadastro.