Tamanho da fonte: -A+A

O governo australiano vai investir US$ 27,2 bilhões em um plano para unir todo o país com uma rede de banda larga de fibra óptica que estará completa dentro de dez anos e dará serviço a cerca de 13 milhões de pessoas.

A rede terá um custo de US$ 35,5 bilhões e gerará uma receita de US$ 5,7 bilhões locais em 2021.

"O desdobramento da rede é um elemento-chave para a transformação do mercado de telecomunicações da Austrália", disse o diretor-geral da empresa estatal National Broadband Network (NBN), Mike Quigley.

Com a nova rede de fibra óptica, 93% dos lares australianos devem ser conectados.

O restante da população, localizado em zonas remotas e frequentemente em pleno deserto, se conectarão com uma rede sem fio via satélite.

A Austrália tem 7,7 milhões de quilômetros quadrados – um milhão a menos que o Brasil. A população australiana é de 22 milhões de habitantes, oito vezes menor que a brasileira.