Tamanho da fonte: -A+A

A Polycom, especializada em comunicações unificadas (UC), lança uma estratégia de computação em nuvem que possibilita a provedores de serviço oferecerem soluções de vídeo como um serviço (Video-as-a-Service – VaaS) a seus clientes.

Uma das ferramentas é o Polycom RealPresence Cloud, com a qual os provedores contam com  infraestrutura, terminais e serviços para oferecer soluções baseadas em assinatura para colaboração via vídeo.

A novidade é voltada a pequenas e médias empresas, ou as grandes que queiram uma solução híbrida, com recursos de colaboração via vídeo premises-based e vídeo on demand.

Há, ainda, a linha Polycom RealPresence Cloud, com soluções que promete reduzir o tempo de ingresso no mercado e o tempo de ROI para provedores que iniciem a oferta de VaaS.

A solução abrange serviço de vídeo multiponto gerenciado, que suporta uma variedade de opções de conectividade entre PC, dispositivo móvel e sala baseada em padrões e terminais na web, bem como o Microsoft Lync 2010, IBM Sametime e terminais que suportam protocolo TIP.

A novidade também potencializa o Polycom RealPresence Network, antes conhecido como rede Halo/HVEN, adquirido da HP em 2011, para acelerar a entrega de vídeo a partir da nuvem.  

Alguns clientes já aderiram à nova oferta de VaaS da Polycom.

A China Unicom, por exemplo, criou uma nuvem de vídeo que entrega VaaS a mais de 10 mil empresas e organizações governamentais em toda a China.

Com a plataforma da Polycom, a companhia chinesa interconecta aproximadamente 100 mil terminais de dez fornecedores diferentes.

A Airtel, provedora de serviço da Índia, é outro grande cliente que já aderiu ao RealPresence.

"Infraestrutura de vídeo como um serviço reduz drasticamente o custo do suporte de uma conferência com diversos participantes. Será um pré-requisito para o suporte de vídeo difundido na empresa, por exemplo, em implementações de comunicações unificadas", afirma Scott Morrison, managing vice president do Gartner.

As ofertas Polycom RealPresence Cloud já estão disponíveis em todos os mercados onde a companhia atua.