Tamanho da fonte: -A+A

O município de Sapucaia do Sul agora é monitorado por um sistema de 25 câmeras IP de vídeo-monitoramento urbano.

O projeto, que envolveu investimento de R$ 980 mil, foi realizado pela Seal Telecom, em parceria com a Atlantis Tecnologia, responsável pela implementação.

As câmeras, instaladas nos eixos rodoviários da cidade, área central e locais de alto fluxo de registro de ocorrências policiais, tem como objetivo reduzir os índices de criminalidade, aumentando a segurança da população de 160 mil habitantes locais.

“Todas as vias públicas passaram a ser acompanhadas 24 horas por dia por uma equipe formada por profissionais das Polícias Civil e Militar e Guarda Municipal”, explica Clovis Eduardo Pereira, comandante da Guarda Municipal de Sapucaia e gestor de Desenvolvimento Operacional do projeto.

A iniciativa contou com recursos federais do Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania), o mesmo que beneficiou a implementação de um projeto semelhante, porém com equipamentos Cisco, em Canoas.

E segundo Pereira, o investimento já surtiu resultado.

"Nas áreas monitoradas pelas câmeras, sentimos que a criminalidade já apresentou uma inibição. Os índices no último trimestre devem ser reduzidos em cerca de 20%”, comemora ele.

Das 25 câmeras instaladas, metade é interligada por meio de fibra ótica, enquanto a outra metade é linkada via rádio, tudo da linha Ipela, da Sony.

Leia mais no Baguete

Outra cidade da Grande Porto Alegre, Canoas, também acaba de implantar um sistema de vídeomonitoramento para aumentar a segurança.

Com investimento de R$ 3,8 milhões, o projeto incluiu a adoção de 149 câmeras, gerenciadas pela plataforma Cisco VSM (Video Surveillance Manager).

O assunto foi matéria no Baguete, que pode ser conferida na íntegra pelo link relacionado abaixo.