Menos de três anos depois de instalar operação direta no Brasil, após assumir o controle da Datacraft, a sul-africana Dimension Data faz planos ambiciosos para o país.

A companhia pretende ter, até 2011, 50% de sua receita localmente, e para isso planeja expansão: já presente em São Paulo e no Paraná, agora a meta é abrir unidades em Porto Alegre, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

“São regiões que apresentam grande potencial para nós, nas quais já possuímos uma base de clientes solidificada. São pólos econômicos, com muitas indústrias e empresas de serviços, tanto nacionais quanto internacionais, importantes para nossa estratégia de expansão em 2010”, afirma Emerson Murakami, COO da empresa no Brasil.

Serviços, aliás, são o foco de crescimento da companhia, que atua em 47 países, é o maior parceiro Cisco em todo o mundo e também oferece soluções nas áreas de telepresença, telefonia IP, IPTV e VideoIP. Hoje, 40% do faturamento no Brasil vem da área de serviços gerenciados, como monitoramento de infraestruturas.

“Continuaremos investindo fortemente nesta área. Um dos focos será o mercado de data centers, para o qual acabamos de criar uma unidade de negócios voltada a projetos de virtualização, It Simplification, continuidade de negócios e gerenciamento de dados”, conta Murakami.

Nos últimos dois anos, a equipe de funcionários da Dimension Data no Brasil chegou a 180 profissionais. Com o foco em serviços e na parceria com a Cisco, a meta é aumentar ainda mais esta equipe, já que a ampliação da cobertura geográfica tende a incrementar a carteira de clientes.

“A grande maioria dos projetos de Telepresença implantados em empresas brasileiras a partir da tecnologia Cisco teve a Dimension Data como responsável”, destaca o COO. “Investimos continuamente em novos serviços, tanto baseados em tecnologias Cisco quanto gerais, como o recém-lançado TLM (Technology Lifecycle Management), que analisa a vida útil de dispositivos de tecnologia no ambiente operacional das empresas", acrescenta.

Murakami também destaca o investimento da empresa na área de governança de TI em parceria com a ESM Projetos, especializada em serviços de gestão, governança corporativa e de TI.

Leia mais no Baguete
Com faturamento de US$ 4,5 bilhões em 2008, a Dimension Data foca, entre outras regiões, o Sul, porque pretende crescer 40% na região no ano fiscal 2010, que começou em outubro passado.

O assunto foi matéria no Baguete, que pode ser conferida na íntegra pelo link relacionado abaixo.