Tamanho da fonte: -A+A

A TIM teve uma queda de 36% no lucro líquido do terceiro trimestre de 2010, com valor nominal de R$ 124,4 milhões. Os números foram informados nesta sexta-feira, 29.

Segundo a companhia, a queda no lucro líquido se deve unicamente "ao impacto positivo do ganho cambial no terceiro trimestre de 2009", isso porque no período referido a empresa se beneficiou do câmbio em uma dívida não protegida da Intelig.

Nos demais indicadores, relata a agência Reuters, a empresa mostrou desempenho positivo.

A TIM teve receita líquida total de R$ 3,65 bilhões no último trimestre, alta de 6,1% sobre os 3,44 bilhões de reais em igual intervalo do ano passado.

Se excluído o desempenho da Intelig, a TIM teve receita líquida de R$ 3,46 bilhões, alta de 5,4% ante R$ 3,28 bilhões entre julho e setembro de 2009.

A base de usuários no período atingiu 46,9 milhões de clientes, crescimento de 18,5% em comparação com o mesmo período de 2009, representando 7,5 milhões de vendas de linhas no período.

A TIM é a terceira maior empresa de telefonia móvel no Brasil, com 24,52% de mercado, atrás de Claro (25,47%) e Vivo (30,14%).

No quarto trimestre, a TIM planeja investir um total de R$ 1 bilhão, triplicando o número de antenas 3G de 2009 – chegando a 5.947 ainda este ano. Se atingir a meta, diz a empresa, a rede estará presente em mais de 300 cidades, atingindo 60% da população urbana do Brasil.