Quatro concessionárias já contratadas sob o Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) devem começar a oferecer a conexão de 1 Mbps a R$ 35 em um mês.

Segundo matéria do site da Folha de S. Paulo, as operadoras Oi, Telefônica, CTBC e Sercomtel fecharam acordo com o governo federal, para iniciar a oferta.

O preço será R$ 29,80 nos Estados que concederem isenção de ICMS, e R$ 35 sem isenção.

De acordo com a Folha, Os acertos finais ocorreram no Planalto. A presidente Dilma Rousseff concordou com os pontos apresentados pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, mas insistiu em que deveria haver “mecanismos de controle” da qualidade do serviço.

Bernardo disse à presidente que a Anatel já estava preparando regras para “apertar o cerco às teles”.

Uma das exigências da presidente Dilma é que a velocidade de 1 Mbps seja real e não nominal. Hoje, ressalta a Folha, as teles se comprometem a entregar no mínimo 10% da velocidade contratada.

Chamado às pressas ao Planalto, o presidente da Anatel, Ronaldo Sardenberg, teve de se comprometer com Dilma de que as teles vão entregar bem mais do que 10%.

Ele disse que até outubro deste ano estará em vigor um novo regulamento de qualidade dos serviços que também contemplará a internet.

Não foram reveladas as localidades em que a oferta será iniciada.

Leia a matéria completa da Folha nos links relacionados abaixo.