GVT registrou um bom desempenho no segundo semestre de 2011

Tamanho da fonte: -A+A

A GVT fechou o segundo trimestre com receita líquida de R$815,8 milhões, aproximadamente 43% maior que a registrada no mesmo período do ano anterior.

A receita com serviços de telefonia fixa cresceu 31,1% enquanto nos serviços de banda larga o crescimento foi de 73,4%. O lucro aumentou 80,8% e atingiu R$144,3 milhões entre abril e junho.

Segundo a empresa, como resultado da expansão territorial e da forte adesão aos serviços de telefonia e banda larga em todas as cidades de presença, o número de linhas em serviço na base de clientes aumentou 51,7%, chegando a 5,25 milhões.

O trimestre terminou com Ebitda de R$ 339,4 milhões, um avanço de 43,2% sobre o ano anterior.

A margem Ebitda permanece estável e fechou em 42%. O investimento no período foi de R$397 milhões, 32% maior do que o realizado no segundo trimestre do ano passado.

A penetração do serviço de banda larga na base de clientes atingiu 91% no segundo trimestre sobre 84% em junho de 2010 com cerca de 1,4 milhão de clientes.

Do total de clientes, 69% navegam a 10Mbps ou mais versus 56% no ano anterior.

A velocidade média de navegação da base de clientes alcançou 9,56 Mbps em junho, quase seis vezes mais alta que a velocidade média brasileira divulgada pela Nielsen Company no segundo trimestre, de 1,7 Mbps.

Entre abril e junho, 56% das novas vendas realizadas foi na velocidade de 15Mbps e acima, o que indica novos saltos na velocidade média da base nos próximos trimestres.