Gerdau: sem capitalismo, não há democracia

Cartola: 
Olho: 

Com ênfase para a importância das liberdades, individuais e econômicas, e o respeito aos direitos e às instituições, Jorge Gerdau Johannpeter, defendeu a liberdade econômica como apenas uma das partes do processo democrático.

“A liberdade não se resume à simples existência de uma economia de mercado. É preciso ir além, concedendo aos cidadãos liberdade política e religiosa”, argumentou o presidente da Gerdau.