Grandes tinham “acordo de cavalheiros” nos EUA

Cartola: 
Olho: 

Google, Apple, Intel, Intuit e Pixar Animation mantinham um acordo para não contratar funcionários uma das outras em suas operações nos Estados Unidos, em uma forma para evitar a disputa por colaboradores e a alta dos salários.

O assunto chegou ao judiciário americano e nesta sexta-feira, 24, as seis companhias assinaram um acordo com a  Corte Distrital de Columbia comprometendo-se a não realizar a prática por seis anos.