Amdocs: operadoras virtuais vão atrasar

Cartola: 
Olho: 

Contrariando a previsão da Anatel, que em dezembro passado divulgou que as operadoras virtuais estreariam no Brasil em, no máximo, seis meses, a Amdocs faz uma projeção mais demorada.

Para a companhia, provedora de software e serviços para companhias de telecomunicações, só no segundo semestre deste ano deverão iniciar as primeiras ofertas no país do chamado modelo MVNO, que permite a empresas de fora da área de telecom oferecer linhas de celular.