Facebook tinha esquema para difamar Google

Cartola: 
Olho: 

O Facebook admitiu que contratou os serviços uma empresa de relações públicas cuja tarefa era  gerar matérias que criticassem a política de privacidade adotada pelo Google.

Segundo o jornal norte-americano Financial Times, o esquema é o último indício da rivalidade crescente entre as companhias.

A Burson-Marsteller, do grupo WPP, foi a recrutada para influenciar jornalistas e técnicos.