Sadim

Cartola: 
Olho: 

Sadim teve o destino selado pelo nome. Era um Midas ao contrário. Tudo em que tocava, virava m. O Sadim era inteligente, quase brilhante; atlético, tinha talento com bola; era simpático, bonito até. Seu problema era o nome e a conseqüente fama. Foi um aluno aplicado, entretanto passou sempre raspando, pegando recuperação. Nas provas até que ia bem, quando não ficava excessivamente nervoso, mas seus trabalhos em grupo eram um desastre sistemático. Os outros alunos fugiam do Sadim e de sua fama.